Como saber se a Lua não tem luz? E se for só um pensamento equivocado de que o Sol ilumina a Lua? Que na realidade seria diferente? Vai que a Lua tem luz própria, vai que o Sol só é exagerado na sua luminosidade…

Por que essa loucura pelo Sol? Dando créditos para ele, até quando ele não está? Falando que a lua não brilha nem a noite, que o Sol que ilumina ela. Quando ela tem o espaço dela para “brilhar”, é caluniada de que o brilho que emana não é seu.
E olha que ela já passa a manhã toda aguardando o Sol brilhar. Quando chega sua hora, falam que aquilo não vem dela, mas – novamente – dão créditos ao Sol.

Deixa a lua brilhar em paz! Não é por que você aparenta ser mais forte Sol, que você pode dominar e fazer o que quer. Que pode machucar, ferir e mesmo assim pegar todos os crédito para você. Você tem que ficar na sua, respeitar e apoiar os momentos de brilho da sua parceira (a Lua). Não é porque ela é menor, que ela tem que ficar quieta. Respeita o equilíbrio deixado para ela. Respeite o momento dela.

Ela é menor, mas o seu brilho inspira pessoas, aumenta o calor dos apaixonados, alivia tensões de ansiosos.
Já você pode ser mesmo maior, mas seu brilho é exagerado, ninguém consegue te observar, a não ser por alguns segundos.

A Lua é leal. Mesmo você querendo roubar toda atenção e brilho, ela fica perto de você. Até por que, só quem se esforça para ver ela (quando você está) consegue encontra-la, mesmo assim ela não desiste de sair do seu lado. Ela lhe faz companhia.
E a noite, o momento que ela tem para abrilhantar outros com seu brilhante charme, você some Sol. Que isso? É Inveja? Raiva?

Você tem muito o que aprender com ela! Respeite-a, aprenda, absorva, e seja melhor… Você teve tempo suficiente para brilhar, na história do nosso amigo planeta terra, agora é a vez dela de roubar a cena (ahh, e não fique tentando controlar ela, machuca-la, tentar domina-la, porque a Lua nunca fez isso com você. Apoie-a, mas se não for capaz disso… Pelo menos, no mínimo, respeite-a). Não queira ser o centro das atenções, roubar o público da Lua. Isso só será pior para você.

Espero que entenda o recado que eu lhe trago, espero que aplique isso para o seu bem. Para não querer se tornar o centro das atenções. Saiba que existe uma força histórica constantemente te puxando para ser (continuar sendo ou se tornar) o centro das atenções, força essa que anda junta com a força do racismo, preconceito, intolerância e desrespeito. Chegou a hora de lutar contra essa força e criar uma nova. Da igualdade, respeito e tolerância.

SERÁ QUE PODEMOS APLICAR ESSA HISTÓRIA FICTÍCIA PARA ALGO DO NOSSO COTIDIANO – PARA A NOSSA VIDA?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.